SOLDADO CIDADÃO

CLA encerra segunda turma do Projeto Soldado Cidadão de 2015

Unidade responsável pelo lançamento e rastreio de veículos espaciais participa de projeto para qualificar jovens durante carreira militar
Publicado: 28/11/2015 08:00
Imprimir
Fonte: CLA

Aula prática do curso de Mecânica de Refrigeração   Sd Borges/CLAO Centro de Lançamento de Alcântara (CLA) encerrou na quarta-feira (25/11) a segunda turma do Projeto Soldado Cidadão no ano de 2015. Vinte militares foram preparados profissionalmente para retornarem ao mercado de trabalho após servirem às Forças Armadas.

Em parceria com Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (PRONATEC) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI), foi oferecido o curso de Mecânica de Refrigeração e Climatização Residencial. Iniciada em 26 de outubro, a formação envolveu a montagem e instalação de equipamentos, além de procedimentos de trabalho, normas técnicas, de segurança, preservação ambiental, ética e empreendedorismo.

“Participar do Projeto Soldado Cidadão abriu um leque de oportunidade", disse o Cabo Marcelo Soares, um dos participantes do projeto. Para ele, a expectativa agora é de crescimento: o plano é se tornar um microempreendedor.

Vice Diretor do CLA no encerramento do curso  Sd Borges/CLANo encerramento do curso, o Coronel Elymar Guimarães Fonseca Júnior, Vice-Diretor do CLA, ratificou a importância do projeto visando à formação de mão de obra qualificada como componente imprescindível para o desenvolvimento nacional.

Em 2015, também foi oferecido por meio do Projeto Soldado Cidadão no CLA o curso de Eletricista Instalador Residencial. Até o término do primeiro semestre de 2016, devem ser oferecidos ainda cursos de Logística Portuária e Traçador de Caldeiraria.

Soldado Cidadão – Criado pelo Ministério da Defesa, o Projeto Soldado Cidadão atende por ano cerca de 12 mil jovens em aproximadamente 140 municípios de todo o Brasil. Os cursos possuem carga horária mínima de 160 horas, sendo 140 de ensino técnico, 16 de empreendedorismo e quatro de cidadania. São oferecidos 40 cursos distribuídos nas 315 unidades militares participantes. Entre as opções estão mecânico de automóveis, auxiliar de recursos humanos, soldador, bombeiro civil, pedreiro, confeiteiro, informática, eletricista, gastronomia e mudança de categoria da Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

De acordo com o Ministério da Defesa, cerca de 80% dos participantes conseguem emprego após o serviço militar. “O mercado de trabalho procura esses jovens formados nas unidades militares, pois além da sua capacitação profissional eles também têm a responsabilidade, já têm o senso de hierarquia e disciplina, se adaptando muito mais fácil ao seu novo trabalho”, explica o Coronel David Sabino, que trabalha no Comando-Geral do Pessoal (COMGEP), unidade que coordenada o Projeto Soldado Cidadão na Aeronáutica.

Assista ao vídeo abaixo e conheça um pouco mais da história de quem conquistou um emprego após participar do Projeto Soldado Cidadão: