ENSINO

Livro sobre Poder Aéreo se torna referência no assunto

A obra, lançada em 2014, foi adotada pela Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica
Publicado: 20/11/2015 10:33
Imprimir
Fonte: Agência Força Aérea

  O livro “Poder Aéreo: Guia de Estudos”, escrito pelo Coronel Aviador da Reserva da Força Aérea Brasileira (FAB) Carlos Eduardo Valle Rosa, tornou-se referência no ensino do assunto e foi adotado pela Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR). A finalidade da obra é disponibilizar informações a estudantes, pesquisadores e profissionais interessados em conhecer o fundamento do Poder Aéreo.

O Guia analisa as definições de teoria, doutrina, poder aéreo e guerra aérea; apresenta sínteses biográficas e as principais ideias desenvolvidas por teóricos de várias tendências, gerações e nacionalidades, inclusive do Brasil, além de conceituar e exemplificar os princípios de guerra aplicados à guerra aérea e, da mesma forma, as características do Poder Aéreo. Também discute as principais funções desse poder à luz das doutrinas de diversas forças aéreas e de exemplos históricos.

De acordo com o instrutor da disciplina "Análise doutrinária de conflitos armados", da Subdivisão de Doutrina Militar da ECEMAR, Coronel R1 de Infantaria João Rafael Mallorca Natal, o livro preenche uma lacuna sobre o assunto. “Existem poucas obras em Português e esse livro explica como o poder aéreo pode ser usado de maneira tática, o emprego em cooperação com as demais forças singulares, além de trazer a experiência dos últimos conflitos bélicos em que o poder aeroespacial teve participação decisiva, como na Guerra do Golfo, na Guerra do Iraque e na Guerra do Kosovo. Também abrange a questão da evolução tecnologica dos meios aéreos e de toda a gama de emprego do poder aeroespacial. Tudo isso de maneira didática que permite o aluno e até mesmo um leigo entender sobre o assunto”, ressalta o instrutor.

A obra, que tem 468 páginas e foi lançada em 2014 pela Editora Luzes, é produto da formação profissional do autor, da sua graduação como historiador e da experiência como instrutor em escolas militares das forças armadas brasileiras. “Essa é uma obra com perspectiva didática e inédita no acervo bibliográfico brasileiro. A expectativa é que a discussão proposta nessa obra seja útil para a comunidade de segurança e defesa como um todo”, enfatiza o autor.