DIA DO MATERIAL BÉLICO

Patrono do Material Bélico recebe homenagens no Rio de Janeiro

Data foi comemorada no dia 11
Publicado: 16/11/2015 08:37
Imprimir
Fonte: COMGAP

Comemorado no dia 11 de novembro, o Dia do Material Bélico da Aeronáutica foi marcado por homenagens em cerimônia no Parque de Material Bélico do Rio de Janeiro (PAMB-RJ). Este é o quinto ano de comemoração da data, que foi marcada pelo lançamento do prêmio "O Sabre da Força", que visa homenagear aqueles que prestaram relevantes serviços ao Sistema de Material Bélico da Aeronáutica.

O agraciado, postumamente, foi o Tenente Coronel Especialista em Armamento Jorge da Silva Prado, também patrono do material bélico. O prêmio foi entregue aos seus dois filhos, o cirurgião plástico Jorge da Silva Prado Júnior e o engenheiro Reinaldo da Silva Prado.

"É uma honra estar aqui hoje. Estou extremamente orgulhoso, pois meu pai sempre foi um exemplo em termos de caráter, retidão e perseverança no trabalho. Na época em que começaram os trabalhos de material bélico tudo era muito artesanal, desde fazer a carcaça e os explosivos. Era meio improvisado. Sempre íamos assistir os testes na Restinga de Marambaia e nem sempre era um sucesso, mas ele persistia", ressaltou o filho Jorge, emocionado.

Reinaldo, que seguiu os caminhos do pai na engenharia mecânica, revelou que o Tenente-Coronel Prado era também um apaixonado por carros.

"Ele tinha espírito de engenheiro e foi realmente esse espírito que me guiou e depois que foi pra reserva foi trabalhar com automóveis. Era um apaixonado por tudo que fazia e documentava os testes em filmes, o primeiro foguete saía feito um buscapé e depois ele foi aperfeiçoando.", contou.

Os antigos servidores do PAMB-RJ também foram homenageados e desfilaram em um grupamento que recebeu os agradecimentos das autoridades presentes e os aplausos do público.

Nesse grupamento, se destacou o suboficial da reserva Napoleão Costa, de 87 anos, que serviu com o Patrono do Material Bélico na Base Aérea de Santa Cruz e veio com ele para o PAMB-RJ.

"Servi no PAMB por mais de vinte anos, era responsável por todo o material. Entregava, recebia e entregava todo o material da FAB. Quando o Coronel Prado veio pro PAMB ele me trouxe junto, por que já nos conhecíamos, ele foi meu instrutor na EEAR. Era um ótimo chefe. Certa vez, montamos dois galpões, os que ainda estão aqui, eu e mais dois soldados, depois fizemos um churrasco para comemorar", disse orgulhoso.

A solenidade foi presidida pelo Comandante-Geral de Apoio (COMGAP), Tenente-Brigadeiro do Ar Dirceu Tondolo Nôro, que destacou os feitos do passado e o empenho dos profissionais do Sistema de Material Bélico (SISMAB) em manter a operacionalidade da Força Aérea.

“A exemplo dos Especialistas que atuaram junto ao 1° Grupo de Caça, o esforço não se encerra em adquirir e manter equipamentos. Esse esforço avança na busca de novas tecnologias, no fomento à Base Industrial de Defesa e na incorporação das mais avançadas tecnologias em uso no mundo.”, afirmou o Comandante-Geral de Apoio.

Corrida dos Paióis

No dia anterior, os militares pertencentes ao SISMAB puderam participar de uma corrida e caminhada na área do PAMB-RJ, em meios aos mais de vinte paióis em seu percurso. Com o apoio da Comissão de Desportos da Aeronáutica (CDA), a corrida e a caminhada foram divididas em categorias por gênero e faixas etárias composta por 5km e 3km, respectivamente.

O grande vencedor foi o Primeiro Tenente Especialista em Serviços Administrativos Silvio Alexandre Abreu da Silva. Todos os participaram que finalizaram as provas foram agraciados com medalhas.