AJUDA HUMANITÁRIA

Força Aérea Brasileira realiza transporte de coração para transplante

A receptora foi uma mulher de 38 anos
Publicado: 29/10/2015 14:00
Imprimir
Fonte: Salvaero Curitiba

  Uma mulher de 38 anos recebeu um coração de um jovem de 26 anos, após transporte do órgão ter sido realizado pela Força Aérea Brasileira (FAB). Ela está internada na UTI do Instituto de Cardiologia do Distrito Federal (ICDF). A ação teve início por volta da zero hora de terça-feira (27/10), quando o SALVAERO Curitiba, unidade da FAB responsável por missões de busca e salvamento na região Sul, foi acionado pela Central Nacional de Transplantes, localizada no Rio de Janeiro.

“Recebemos a solicitação de recursos aéreos para transportar uma equipe médica de Brasília com a finalidade de captar o órgão na cidade de Arapongas, no interior do Paraná, e depois retornar para a Capital Federal e realizar o transplante. Então, entramos em contato com o Sexto Esquadrão de Transporte Aéreo (6° ETA), na Capital Federal, que fez o transporte”, explica o coordenador da equipe de serviço do SALVAERO, Tenente Severino Marvilla da Silva.

O avião Learjet 35, do Esquadrão Guará, decolou de Brasília às 7h da manhã. A aeronave pousou em Londrina e, de lá, os médicos seguiram via terrestre até Arapongas (a 40km de distância). Às 15 horas, os profissionais com o órgã  o já estavam de volta à Capital.

“É gratificante participar de uma missão como essa em que a gente ajuda a salvar vidas. Nesse tipo de operação temos prioridade no voo e no pouso, afinal, corremos contra o tempo”, ressalta o Tenente Igor Pinho de Souza, um dos tripulantes.

Em caso de atraso, um órgão como esse pode ser desperdiçado já que, de acordo com os especialistas, o coração tem que sair do peito do doador e bater dentro do transplantado em até quatro horas.