ESPAÇO AÉREO

Parques de geração de energia eólica deverão seguir regras de navegação aérea

Nova portaria da Aeronáutica determina pintura especial e sistema de iluminação
Publicado: 16/10/2015 11:42
Imprimir
Fonte: Agência Força Aérea

  SuzlonEntrou em vigor na quinta-feira (15/10) a portaria do Comando da Aeronáutica que regulamenta a sinalização e a iluminação dos parques de geração de energia eólica no Brasil.

"A inserção de uma sinalização nesses parques é fundamental para que os aviões que trafegam por ali à noite possam enxergar esses obstáculos", explica o Comandante do Primeiro Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo (CINDACTA I), Brigadeiro do Ar Leonidas de Araújo Medeiros Júnior.

A partir de agora, as turbinas eólicas devem ser pintadas de branco, com marcações em laranja ou vermelho. É preciso haver iluminação específica, definida de acordo com a altura de cada torre. Além disso, uma iluminação delimitará a área de todo o parque eólico.

"Os parques eólicos tiveram um crescimento fantástico nesses últimos anos e não havia ainda legislação prevendo essa iluminação", diz o Brigadeiro Leonidas.

De acordo com a Agência Nacional de Energia Elétrica, há 273 parques eólicos em operação no Brasil. Outros 160 estão em construção e mais 300 estão planejados.

A Portaria 957/GC3, de 9 de julho de 2015, também detalha os padrões de pintura e de segurança para torres, caixas de água, antenas e outros objetos que possam interferir na segurança do tráfego aéreo.