SEGURANÇA DE VOO

Unidade da FAB realiza 6º Seminário de prevenção de acidentes em Recife

Objetivo foi alertar sobre os fatores que contribuem para ocorrências aeronáuticas
Publicado: 16/10/2015 07:40
Imprimir
Fonte: SERIPA II/Agência Força Aérea

Mais de  520 profissionais relacionados à aviação participaram do 6º Seminário de prevenção de acidentes, em Recife (PE). Organizado pelo Segundo Serviço Regional de Prevenção e Investigação de Acidentes Aeronáuticos (SERIPA II), no início de outubro, o evento reuniu pilotos, instrutores de voo, alunos de escolas de aviação, mecânicos de aeronaves, comissários de bordo e agentes aeroportuários, entre outros, com o objetivo de debater a prevenção e as causas de ocorrências aeronáuticas.

O seminário contou com a apresentação de quatro temas. O primeiro abordou a relação entre a certificação de produtos aeronáuticos e a segurança de voo. O Diretor do Instituto de Pesquisas e Ensaios em Voo (IPEV), Coronel Hayato Toda, discorreu sobre o atual avanço tecnológico dos equipamentos aéreos e a necessidade de garantir a respectiva aeronavegabilidade continuada.

Com experiência na área de fatores humanos, a psicóloga Rosana Bohrer expôs o tema “Passageiro indisciplinado, prevenção e gerenciamento”. Segundo a psicóloga, os comissários de voo, como parte da tripulação, também são responsáveis pela segurança operacional e devem colaborar ao tomar atitudes proativas junto a passageiros que apresentarem comportamentos inadequados, caso seja necessário.

Em seguida, o Tenente-Coronel Luís Renato Horta de Castro, Chefe do Quinto Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (SERIPA V), abordou o uso do check list como uma ferramenta indispensável para definir responsabilidades e melhorar a comunicação. O palestrante ressaltou que a inobservância dessas ações pode resultar em eventos catastróficos, indesejáveis por todos que trabalham na aviação.

O último tema foi apresentado pelo Coronel Aviador da reserva Fernando Silva Alves de Camargo, do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (CENIPA). O profissional mostrou detalhes da investigação envolvendo o acidente aeronáutico do voo NOAR 4896, ocorrido em julho de 2011, em Recife (PE). O objetivo foi tentar evitar que eventos dessa natureza voltem a se repetir.

Solenidade de Abertura - A solenidade de abertura foi presidida pelo Comandante do Segundo Comando Aéreo Regional
(II COMAR), Major-Brigadeiro do Ar José Hugo Volkmer, que destacou a importância da troca de informações como ferramenta para a prevenção de acidentes aeronáuticos.