ESPORTE

Prestes a embarcarem para a Coreia, atletas da FAB conquistam medalhas

Militares conseguiram ouro nas provas de ciclismo e tiro; eles vão competir nos Jogos Mundiais Militares que acontecem em outubro
Publicado: 20/09/2015 07:00
Imprimir
Fonte: CDA/Agência Força Aérea

  Nos próximos dias, 286 atletas das Forças Armadas brasileiras embarcam para a Coreia do Sul, onde competem nos 6º Jogos Mundiais Militares. O evento, que acontece entre 2 e 11 de outubro, vai reunir mais de sete mil esportistas de 110 países, competindo em 24 modalidades. Às vésperas de embarcar para a Coreia do Sul, os atletas da Força Aérea Brasileira (FAB) têm participado de competições nacionais e internacionais, com o objetivo de melhorar a preparação. Em meados deste mês, o Coronel Julio de Souza Almeida e o Sargento Alex Correia Diniz subiram no degrau mais alto do pódio em competições de tiro e ciclismo, respectivamente.

Ciclismo

O Sargento Alex foi o primeiro colocado na 18ª edição da Volta Ciclística Internacional do Grande ABCD, realizado no dia 13 de setembro, no interior do estado de São Paulo. O trajeto foi de 103,3 quilômetros e o militar percorreu essa distância no tempo de 2h 15min 21s e 729 milésimos. O sargento, que é atleta de alto rendimento da FAB desde janeiro deste ano, explica que vai participar da prova de resistência na Coreia. São 120 quilômetros, com dois trechos de subida. Para encarar o desafio, ele treina de três a cinco horas diárias, com um descanso na semana. "Essa colocação me deu confiança para os Jogos Mundiais Militares, pois são provas muito parecidas. Quero estar bem preparado, pois os jogos militares são muito importantes para mim, já que estarei defendendo o meu País", afirma o sargento.

Segundo a chefe da equipe de ciclismo da FAB, Tenente Renata Mattoso Gavinho, na próxima segunda-feira (21/09), os quinze atletas que irão para os Jogos Mundiais Militares competir nessa modalidade devem se encontrar na Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR) para um período de aclimatação. "Devido ao fato de não treinarmos juntos, acredito que é importante essa preparação em grupo. Além do treinamento específico, os militares terão aulas de inglês, atividades voltadas à doutrina, apoio nutricional e psicológico", afirma a Tenente Gavinhos. 

Tiro

No período de 06 a 13 de setembro, a Seleção Brasileira Militar de Tiro Esportivo participou do I Copa Sul-Americana de Tiro Esportivo, evento que serviu de preparação para os VI Jogos Mundiais Militares. A competição foi realizada na cidade de Santiago, capital chilena, com a participação de atletas da Argentina, de Barbados, do Brasil, do Chile, da Colômbia, do Equador, do Peru, do Uruguai e da Venezuela.

O Coronel Julio de Souza Almeida, um dos membros da equipe, conquistou ouro na prova de fogo central, prata na prova de pistola e bronze em pistola livre. O oficial foi ouro no Pan-Americano de Toronto e é uma das grandes promessas brasileiras nos Jogos Mundiais Militares.