DIA DO BOMBEIRO

Você sabia que a FAB tem especialistas bombeiros de Aeronáutica?

O militar é responsável pela prevenção, salvamento e combate a incêndio em aeródromos
Publicado: 02/07/2015 16:10
Imprimir
Fonte: Agência Força Aérea

Quando o Boeing 707-349C  da empresa aérea Transbrasil caiu sobre a área populosa de Guarulhos, região metropolitana de São Paulo, em 1989, a equipe do Sargento Bombeiro de Aeronáutica Jorge Luís foi a primeira a chegar ao local. “Combatemos o incêndio e ajudamos as vítimas, ainda machucadas, que estavam acidentadas no solo”, conta o sargento. Com mais de 30 anos de carreira, o militar relembrou a história nesta quinta-feira (02/07), data em que se celebra o dia do bombeiro.

A FAB possui cerca de 70 bombeiros de Aeronáutica no seu quadro de especialistas, entre graduados e oficiais. Para se tornar militar nessa especialidade, é necessário fazer o Curso de Formação de Sargentos, com duração de dois anos, na Escola de Especialistas da Aeronáutica (EEAR), localizada em Guaratinguetá (SP). O bombeiro de Aeronáutica é o profissional preparado para executar as atividades de prevenção, salvamento e combate a incêndio nos aeródromos e edificações.

Recém-formado na EEAR, o Sargento Pablo Camilo Xavier Medeiros explica qual a sua expectativa na nova profissão: “Meu objetivo é salvar vidas”.

Já o Sargento Carlos Eduardo, bombeiro da Base Aérea de São Paulo (BASP), conta que já presenciou dois acionamentos. “Por volta de meia-noite, fomos acionados para resolver o problema de vazamento de gás na praça de alimentação do aeroporto internacional de Guarulhos. E em outra ocasião, uma aeronave se chocou com um pássaro na turbina. O avião teve superaquecimento do trem de pouso e nós ajudamos a resolver o problema”, afirma.

O militar explica como é o dia a dia no aeroporto, que é o maior da América Latina. “Tem muita adrenalina envolvida porque aqui tem muito movimento de aeronaves. Você acaba se sentindo bem porque todo dia pode ajudar alguém diferente, além de salvar uma vida”, complementa.

Evolução da carreira

O graduado pode fazer concurso para se tornar Oficial Especialista da Aeronáutica e tem a possibilidade de chegar até o posto de Capitão.

Mulheres na especialidade

A FAB também possui mulheres na especialidade de bombeiro de Aeronáutica. Conheça a história da Sargento Paula Prietsch, primeira mulher a integrar a equipe do Batalhão de Infantaria Especial de Canoas (BINFAE-CO). Ela também inspirou a mãe a virar militar da FAB. Veja a matéria: