TREINAMENTO

Entenda como a Engenharia da Aeronáutica atua nos bastidores dos exercícios e missões

O treinamento aconteceu na BAST durante o Exercício Caiçara 2015
Publicado: 03/07/2015 11:00
Imprimir
Fonte: Agência Força Aérea

  Militares da Diretoria de Engenharia da Aeronáutica (DIRENG) ministraram, entre os dias 22 junho e 02 de julho, o Estágio de Engenharia Operacional. O treinamento aconteceu na Base Aérea de Santos (BAST) e teve a participação de 35 militares que atuam nas diversas áreas de engenharia.

Apesar de muita gente não saber, a engenharia é umas das primeiras a chegar à missão. Quando as tropas chegam ao local para iniciar as atividades elas já encontram as instalações prontas para uso. Tudo é montado com segurança e recursos disponíveis como saneamento básico, barracas, banheiros, água e energia elétrica. A função da Engenharia é dar apoio às estruturas temporárias para que os militares tenham condições de exercerem suas atividades durante os treinamentos ou operações com a certeza de que ao retornarem para o acampamento serão bem acolhidos.

  Ao decidir qual será o local da missão a equipe começa a operar. Primeiro é feito o reconhecimento do terreno. A medição da área e a análise do solo que são as informações primordiais para que a montagem do acampamento seja feita com segurança evitando que, por exemplo, em caso de chuvas torrenciais, as barracas de alojamento sejam atingidas. Após a certificação do terreno e a divisão dos locais das instalações começa a montagem das barracas.

Ao mesmo tempo, são montados os sistemas de armazenamento e fornecimento de água, essenciais do preparo de alimentos à higiene pessoal, o sistema de saneamento básico para evitar a contaminação da área com os próprios dejetos e o sistema de fornecimento de energia elétrica que dá suporte a vários equipamentos essenciais como fornos e fogões para o preparo dos alimentos, chuveiros aquecidos, os climatizadores dentro das barracas (as barracas infláveis que precisam de energia elétrica para serem erguidas), sistemas de comunicação e vigilância eletrônica, além da iluminação para o conforto e segurança da tropa.

Segundo o Capitão Engenheiro Nerinei Alves Batista, da Diretoria de Engenharia da Aeronáutica, o trabalho da Engenharia é sempre realizado em equipe e requer muito esforço: “Trabalhamos para que o militar tenha todos os recursos necessários para se sentir confortável. Realizamos exercícios que nos trazem muito aprendizado como o Exercício Minerva I, II e III. Agora, com a realização do Exercício Caiçara, em conjunto com a Intendência uniremos ainda mais nossos conhecimentos para que nossos militares estejam ainda mais capacitados”.

Experiência

Militares entre oficiais, graduados e praças participaram do Estágio de Engenharia Operacional, realizado em conjunto com o Estágio de Intendência Operacional, durante o Exercício Caiçara 2015. O estágio habilitou planejadores e operadores logísticos para composição de uma Unidade Celular de Engenharia (UCE), que fornece apoio de engenharia em ambiente de campanha, como a organização e preparo do terreno, fornecimento e instalação de energia elétrica, saneamento básico, fornecimento de água, manutenção de equipamentos, dentre outros. Os militares saíram aptos a participarem de qualquer exercício ou operação real.