HOMENAGEM

Comandante da Primeira Força Aérea recebe título de cidadão natalense

O homenageado comanda a unidade responsável pela formação operacional dos aviadores da FAB
Publicado: 12/05/2015 16:13
Imprimir
Fonte: I FAE

  O Comandante da Primeira Força Aérea (I FAE), Brigadeiro do Ar Hudson Costa Potiguara, recebeu o Título de Cidadão Natalense da Câmara Municipal de Natal na última quinta-feira (07/05). O oficial-general está à frente da unidade responsável pela preparação dos oficiais aviadores que atuarão em todas as unidades aéreas da Força Aérea Brasileira.

Durante a cerimônia, o Brigadeiro Potiguara disse estar orgulhoso. "Natal me encantou desde o começo, principalmente pela hospitalidade do seu povo. Com certeza meu coração já era natalense. Aproveito para agradecer ao parlamento municipal pela consideração, à família pelo amor incondicional e aos amigos pelo companheirismo de sempre", afirmou.

Já o vereador Klaus Araújo ressaltou o motivo que levou o brigadeiro a receber a homenagem. “Ele é um homem íntegro que merece obter lugar de destaque em nossa cidade com o Título Honorário outorgado por esta casa", destacou.

Natural de Cáceres, no estado do Mato Grosso, o oficial-general chegou à capital do Rio Grande do Norte para comandar a I FAE em 2014. Ele iniciou a carreira militar em 1978 e possui mais de quatro mil horas de voo, sendo 1.800 na aviação de caça. Já exerceu cargos, como o de Comandante da Base Aérea de São Paulo e o de Assessor Militar para Assuntos de Aeronáutica do Gabinete Institucional da Presidência da República.

Primeira Força Aérea

Com três esquadrões, Gavião (1°/11° GAV), Rumba (1°/5° GAV) e Joker (2°/5° GAV), a I FAE é um centro de especialização operacional dos aspirantes a oficial aviadores formados pela Academia da Força Aérea. Sediada em Parnamirim/RN, no setor Oeste da Base Aérea de Natal (BANT), a unidade também envolve o Grupo de Instrução Tática e Especializada (GITE).

“Aqui nós temos, ainda, a função social de ambientar os jovens oficiais à capital potiguar. Afinal, apesar de a Base Aérea ser em Parnamirim (distante 17 km de Natal), a maioria do efetivo mora em Natal. A cidade é muito importante para a adaptação deles”, afirmou o Brigadeiro Potiguara.

Criada em 1941, a Força Aérea Brasileira está presente em Natal desde 1942, em plena Segunda Guerra Mundial. O nome Base Aérea de Natal se justifica pelo fato de ter sido criada antes de o município de Parnamirim se desmembrar da capital, o que ocorreu somente em 1958.

imagens/original/25027/5881179634_a225ee3224_z.jpg