INFANTARIA

IV COMAR comemora Dia da Infantaria da Aeronáutica e forma 58 novos soldados

A cerimônia militar alusiva ao Dia da Infantaria foi realizada no Pátio Cambuci (SP)
Publicado: 11/12/2014 14:46
Imprimir
Fonte: IV COMAR

O IV COMAR formou 58 novos soldados  Cabo Mazzoni / IV COMARCinquenta e oito soldados que ingressaram na Aeronáutica por meio do serviço militar concluíram, nesta quinta-feira (11/12), o Curso de Formação de Soldados (CFSD) no Quarto Comando Aéreo Regional (IV COMAR), em São Paulo. A cerimônia militar alusiva ao Dia da Infantaria e à conclusão do Curso foi realizada no Pátio Cambuci e contou com a presença do Comandante do IV COMAR, Major-Brigadeiro do Ar Marcelo Kanitz Damasceno, e de familiares dos formandos.

Durante seu discurso, o Comandante do IV COMAR destacou a grande mobilidade do Batalhão de Infantaria Bandeirante, subunidade que atende às missões em São Paulo e Mato Grosso do Sul. "Nossos soldados, graduados e oficias de Infantaria, demonstram grande habilidade em todas as missões da área. A qualificação do nosso pessoal proporciona com efetividade a defesa e segurança de nossas diversas organizações em São Paulo. Destaco a nossa recente participação na Copa do Mundo, quando o Batalhão demonstrou grande capacidade operacional e de pronta-resposta em ações mais complexas", ressaltou o Major-Brigadeiro Damasceno.

O BINFA-14, Batalhão de Infantaria Bandeirante, sob o comando do Major de Infantaria Ivan Edson Gomez, ministrou o Curso de Formação de Soldados (CFSD) aos novos militares incorporados à Força Aérea Brasileira por meio do serviço militar obrigatório. Em quatro meses de curso, os militares passaram pela formação militar com instruções de combate, regulamentos militares, ordem unida, tiro e armamento. Os novos soldados também aprenderam técnicas de abordagem e identificação de pessoas, além de participarem do Exercício de Campanha com simulação de situações em ambiente hostil.

O Soldado Wilson Natan Nunes Moreira, que se destacou por sua conduta militar e responsabilidade durante o Curso, demonstrou muito entusiasmo com a nova profissão. "Agora vou manter o padrão e o ritmo para ser soldado da Força Aérea Brasileira". Toda a formação do CFSD contribuirá para a atuação destes militares como especialistas em segurança de instalações nas unidades da FAB no estado de São Paulo.