ENSINO

ITA realiza formatura de dois cursos de pós-graduação

O jornalista Willian Waack é o paraninfo das turmas
Publicado: 09/12/2014 10:26
Imprimir
Fonte: DCTA

  No último sábado, dia 06, o Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA) formou 66 novos especialistas em dois cursos de pós-graduação. O curso de especialização em análise de ambiente eletromagnético é oferecido pelo ITA por demanda do Comando-Geral de Operações Aéreas (COMGAR), uma das unidades da Força Aérea Brasileira, e capacita os formandos na interação de equipamentos e sistemas com o ambiente eletromagnético. O curso já formou 108 especialistas e, neste ano, 12 militares foram diplomados.

Já o curso de especialização em segurança de aviação e aeronavegabilidade continuada, o chamado PE-Safety, está em sua 10ª turma de formandos e é oferecido em parceria com órgãos e empresas do setor aeronáutico. Em 2014, o curso foi ministrado, concomitantemente, em São José dos Campos e em São Paulo – neste caso, para funcionários da TAM Linhas Aéreas.

O paraninfo escolhido pelas turmas, jornalista Willian Waack – que também é piloto – destacou a importância de estudos que se dediquem a entender a interação entre homem e máquina. “É a automação, desenvolvida por brilhantes cérebros, muitos deles saídos do ITA, que possibilita que hoje tenhamos a convicção de que a aviação é segura”, afirma o jornalista. E completa: “É uma pena que minha mãe não esteja mais viva, pois o sonho dela é que eu fosse iteano”.

Segundo o Reitor do ITA, professor Carlos Américo Pacheco, a pós-graduação do Instituto representa, hoje, em termos quantitativos e de impacto para a aviação, dimensões maiores que a própria escola de engenharia. “Estamos estendendo os braços do ITA para além de uma ideia restrita de indústria aeronáutica; nos dedicando à logística, aeronavegabilidade, segurança, pois o Instituto foi criado para dar apoio e desenvolver a aviação em geral”, explica o Reitor.