GESTÃO

Aeronáutica se prepara para nova ferramenta de controle de serviços internacionais

Publicado: 21/11/2014 17:06
Imprimir
Fonte: Agência Força Aérea

  Foi realizado hoje (21/11) na Secretaria de Finanças da Aeronáutica (SEFA) o 1° Workshop do SISCOSERV, sistema informatizado de registro de operações comerciais envolvendo empresas ou instituições públicas brasileiras e organizações estrangeiras para a contratação de serviços. O evento faz parte dos preparativos do Comando da Aeronáutica para implantar o SISCOSERV no início de 2015.

Instituído pela Receita Federal do Brasil e Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) em julho de 2012, o SISCOSERV (Sistema Integrado de Comércio Exterior de Serviços, Intangíveis e Outras Operações que Produzam Variações no Patrimônio) irá detalhar contratos de prestação de serviços. É o caso, por exemplo, do treinamento dos pilotos brasileiros que estão na Suécia para aprenderem a voar nos caças Gripen.

"Antes, se controlava o numerário, mas não era o qualitativo, e sim o quantitativo", explica o Coronel de Intendência Diógenes Lima Neto, da SEFA. Segundo ele, a adoção do SISCOSERV permite um detalhamento bem maior dos gastos e dos recebimentos de recursos. "Controla melhor a balança de pagamentos do País, permite um melhor planejamento de políticas públicas", diz.

  No caso do Comando da Aeronáutica, o Coronel Diógenes lembra há contratos para treinamento de militares no exterior, mas, por outro lado, também há serviços oferecidos a outros países. É o caso das atividades de homologação do Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial. Há ainda pilotos estrangeiros que treinam em simuladores da Força Aérea Brasileira.

O 1° Workshop do SISCOSERV realizado pela SEFA contou com a participação de militares e civis da área de gestão de onze unidades do Comando da Aeronáutica, além de representantes da Marinha e do Exército. Também estiveram presentes representantes do MDIC e da Receita Federal. Houve um debate com troca de experiências e esclarecimentos de dúvidas.

Nas próximas semanas, vai começar o período de treinamento de militares de outras unidades da FAB. O foco estará inicialmente nas organizações com maior número de contratos internacionais de serviços, como Centro Logístico da Aeronáutica (CELOG), Centro de Transporte Logístico da Aeronáutica (CTLA), Comissão Coordenadora do Programa Aeronave de Combate (COPAC) e Comissão de Implantação do Sistema de Controle do Espaço Aéreo (CISCEA), dentre outras.