HISTÓRIA

Biblioteca homenageia Tenente-Brigadeiro Moreira Lima

Publicado: 04/08/2014 15:39
Imprimir
Fonte: INCAER

O Instituto Histórico-Cultural da Aeronáutica (INCAER) realizou no dia 31 de julho a cerimônia de designação da biblioteca do Instituto como Biblioteca Tenente-Brigadeiro do Ar Moreira Lima.

Com cerca de 10 mil volumes, dois mil periódicos e diversos filmes, documentários, depoimentos e entrevistas, o acervo da Biblioteca Tenente-Brigadeiro do Ar Moreira Lima é um dos mais importantes do País na preservação da história e da memória aeronáutica brasileira. Desde legislações antigas do final do século XIX até a rara obra “Navegação Aérea”, de Ribas Cadaval, publicada em 1911, a biblioteca tem servido de fonte de estudos para pesquisadores, centros universitários e amantes da aviação.

A homenagem reverencia a figura do fundador e ex-Diretor do INCAER, Tenente-Brigadeiro do Ar Octávio Júlio Moreira Lima, que dedicou 65 anos de serviço à Força Aérea Brasileira e foi Ministro da Aeronáutica nos anos de 1985 a 1990. Neto de um Marechal do Exército e filho de um General, ingressou no Colégio Militar aos 11 anos e, em 1943, ingressou na Aeronáutica. Como aviador, passou a integrar o Correio Aéreo Nacional conduzindo aeronaves como o C-54, o C-47 e o C-118. Foi piloto também do VC-92 a serviço da Presidência da República e, mesmo depois de promovido a Brigadeiro, continuou voando em aeronaves, a exemplo do histórico Búfalo. Faleceu no dia 23 de maio de 2011, aos 84 anos de idade.

A viúva do Tenente-Brigadeiro do Ar Moreira Lima, Anna Guasque Moreira Lima, descerrou a placa com a nova designação ao lado do diretor do INCAER, Tenente-Brigadeiro do Ar Paulo Roberto Cardoso Vilarinho.