SOCIAL

Barreira do Inferno realiza mais de 500 atendimentos em comunidade de Parnamirim

A Ação comunitária “Bom Vizinho” ofertou atendimentos odontológicos, cortes de cabelo e dicas de nutrição
Publicado: 12/06/2014 12:19
Imprimir
Fonte: DCTA

Oficina de Foguetes atraiu atenção das crianças  S1 João PauloNa última terça-feira (10/6), a dona de casa Maria das Dores Andrade deixou as atividades domésticas de lado para levar seus dois netos para participar da Ação Comunitária “Bom Vizinho” do Centro de Lançamento da Barreira do Inferno (CLBI) no bairro Pium, de Parnamirim (RN). Durante todo o dia, os militares e os civis do Centro realizaram diversas atividades, como atendimentos médicos e odontológicos. Para Maria das Dores, aprender com os dentistas do CLBI as técnicas corretas de escovação bucal foi bastante válido: “às vezes a gente pensa que está fazendo corretamente, mas não está. A partir de agora, nem eu nem meus netos erramos mais”, comenta ela, que ganhou de brinde uma escova dental nova e uma aplicação de flúor para os netos.

Segundo o Capitão Dentista Domício Rosendo da Silva Neto, a Ação é relevante por estreitar o relacionamento com a comunidade. “Ao longo da atividade, passamos informações importantes pra eles na área odontológica, como a ação da cárie nos dentes e as formas adequadas de higienização”, explica.

Uma das atividade que atraiu grande interesse dos moradores foi a Oficina de Construção de Foguetes, na qual os “alunos” aprenderam a construir réplicas dos engenhos espaciais fazendo uso de garrafas PETs. Luiz Felipe da Silva, que tem 9 anos e cursa o 4º ano do ensino fundamental, achou diferente a experiência de participar da oficina. “Nunca imaginei que eu poderia confeccionar um foguete usando plástico e, ainda, que esses objetos voariam”, revela com entusiasmo o garoto.

Ao longo do dia, foram mais de 500 atendimentos realizados na comunidade de Pium, que fica a cerca de 4 quilômetros do CLBI. Além das atividades odontológicas e de construção de foguetes, foram ofertados também atendimentos médicos, vacinação, dicas de nutrição, informações sobre segurança no trabalho e sobre as atividades de preservação ambiental do Projeto Tamar no Centro, além das apresentações culturais, esportivas e serviço de corte de cabelo.

Para a professora Luciana Andrade, as dicas de nutrição justificaram a sua ida para a Ação do CLBI. “Foi a atividade que mais chamou a minha atenção. Acabei de comer um bolo feito com casca da banana. É impressionante como ele ficou saboroso e, ao mesmo tempo, nutritivo”, comenta Luciana, desejando que no futuro o Centro retorne à comunidade para mais ações sociais.

De acordo com o Diretor do CLBI, Coronel Maurício de Lima Alcântara, a realização de atividades como essa Ação Comunitária é importante por aproximar a organização militar do bairro, além promover a qualidade de vida: “é um dia em que rompemos os muros do quartel e interagimos com a comunidade. Oferecemos diversos serviços de grande serventia e, desse modo, construímos laços de amizade com os moradores, além de motivar a juventude para seguir os valores e profissões da carreira militar”, finaliza.

Assunto(s): , ,