COPA 2014

Reunião no Recife discute esquema especial para espaço aéreo

As medidas adotadas pela FAB têm o objetivo de garantir a segurança do público e do espaço aéreo brasileiro
Publicado: 29/05/2014 10:45
Imprimir
Fonte: II COMAR

Nesta segunda-feira (26/05), foi re  S2 R MENEZESalizada em Recife uma reunião para divulgar as alterações temporárias no espaço aéreo brasileiro durante a Copa do Mundo de Futebol FIFA Brasil 2014 e os procedimentos que devem ser seguidos pelos pilotos de aeronaves envolvidas nas atividades operacionais. O evento foi uma iniciativa da Célula de Operações Aéreas de Recife (COA-RF) do Comando de Defesa Aeroespacial Brasileiro (COMDABRA) e contou com o apoio do Terceiro Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo (CINDACTA III).

O Plano de Coordenação do Espaço Aéreo (PCEA) foi detalhado por Oficiais do CINDACTA III, que apresentaram as áreas de exclusão (reservada, restrita e proibida) da terminal Recife (TMA RF) e os períodos de vigência dessas restrições.

O Chefe da COA-RF explicou como serão processadas as solicitações de voo das aeronaves envolvidas na Operação Copa, ressaltando que somente aeronaves autorizadas pelo COMDABRA voarão no período de ativação das áreas de exclusão.

As medidas adotadas têm o objetivo de garantir a segurança do público, do espaço aéreo, dos atletas, das autoridades, das aeronaves e das instalações e, também, possui a preocupação em reduzir os impactos operacionais para os usuários do espaço aéreo.

 Participaram da reunião, representantes da Marinha do Brasil, Exército Brasileiro, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Secretaria de Defesa Social de Pernambuco (Polícias Militar e Civil e Corpo de Bombeiros) e INFRAERO.