COMANDO

Estado-Maior da Aeronáutica tem novo chefe

Em solenidade na Base Aérea de Brasília, o Tenente-Brigadeiro Machado assume a chefia do EMAER
Publicado: 11/04/2014 14:51
Imprimir
Fonte: Agência Força Aérea

  Cabo V. Santos/Agência Força AéreaO Tenente-Brigadeiro do Ar Ricardo Machado Vieira assumiu nesta sexta-feira (11/04) a chefia do Estado-Maior da Aeronáutica (EMAER), em solenidade realizada na Base Aérea de Brasília (BABR). A cerimônia contou com as presenças do Ministro da Defesa, Celso Amorim, do Comandante da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Juniti Saito, e do Alto Comando da Aeronáutica, além de autoridades da Marinha do Brasil e do Exército Brasileiro.

A solenidade foi marcada pela passagem do cargo e pela despedida do serviço ativo do Tenente-Brigadeiro do Ar Ailton dos Santos Pohlmann, após 46 anos na Força Aérea Brasileira (FAB). “Agradeço a todos que trabalharam comigo e que de alguma forma contribuíram para esses mais de 40 anos de serviço”, destacou em seu discurso o Tenente-Brigadeiro Pohlmann. O militar segue agora para o Rio de Janeiro onde assumirá a chefia do Instituto Histórico-Cultural da Aeronáutica (INCAER).

O novo chefe do EMAER, Tenente-Brigadeiro Machado, possui mais de 3.500 horas de voo, das quais 1.700 na aviação de caça. Entre os principais cargos que assumiu estão o Comando de Defesa Aeroespacial Brasileiro (COMDABRA), Sexto Comando Aéreo Regional (VI COMAR) e Chefe de Operações Conjuntas do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas. “Acima de tudo essa é uma função que a gente tem que se envolver totalmente. Minha expectativa esse ano é que eu possa realmente conduzir o Estado-Maior da Aeronáutica na melhor assessoria possível ao Comandante e na coordenação dos comandos gerais e departamentos”, revela o Tenente-Brigadeiro Machado.

EMAER

Criado em 18 de outubro de 1941, o Estado-Maior da Aeronáutica tem a missão de assessorar diretamente o Comandante da Aeronáutica. Compete ao órgão estudar e propor soluções que levem ao emprego eficaz do poder aeroespacial, para garantir a soberania do espaço aéreo brasileiro.

Entre as funções do EMAER estão o gerenciamento das missões de ensino, o trato das questões de relacionamento internacional, as análises e decisões sobre o emprego operacional da FAB, a administração da logística, o delineamento orçamentário e o planejamento estratégico.

Assunto(s): , , ,