OPERACIONAL

Começa nessa segunda-feira (31/03) em Florianópolis o Exercício Carranca 3

O treinamento de busca e salvamento coordenado pelo Departamento de Controle do Espaço Aéreo conta com a participação de mais de 300 militares
Publicado: 28/03/2014 14:40
Imprimir
Fonte: DECEA

  Sgt Batista/ Agência Força AéreaO Departamento de Controle do Espaço Aérea (DECEA) realiza a partir dessa segunda-feira (31/03) o Exercício Carranca 3, de busca e salvamento simulado, na Base Aérea de Florianópolis (BAFL). Cerca de 350 militares vão fazer o treinamento especializado utilizando aeronaves de patrulha, de transporte e de busca e salvamento nas missões. 

A operação é uma oportunidade de intercâmbio de informações entre as tripulações dos esquadrões e os profissionais de coordenação SAR. O Exercício Carranca 3 terá espaço para discussão de doutrinas, troca de experiências e coordenação entre os envolvidos. Um dos objetivos é aumentar a eficiência operacional do serviço de salvamento brasileiro.

Nos 12 dias de operação serão avaliados o nível de conhecimento teórico, capacidade física e operacionalidade dos Centros de Coordenação de Salvamento Aeronáuticos (ARCC) e a doutrina, procedimentos e técnicas empregadas nas operações SAR. A atividade também prevê o adestramento de coordenação de operações no salvamento de vítimas em terra e no mar, entre outros.

Participam do treinamento o Serviço de Busca e Salvamento da Marinha do Brasil (SALVAMAR), os Centros de Defesa de Área e Controle de Tráfego Aéreo (CINDACTA), o Primeiro Grupo de Comunicações e Controle (1º GCC), a Segunda e a Quinta Força Aérea (FAE II e FAE V), além do Destacamento de Controle do Espaço Aéreo e Base Aérea de Florianópolis (DTCEA-FL e BAFL).

O termo “Carranca”, que dá nome ao exercício, refere-se ao apelido dado ao Major Médico Carlos Alberto Santos que dedicou sua vida às missões de busca e resgate. O militar integrou o Segundo Esquadrão do Décimo Grupo de Aviação (2º/10º GAV) e o Esquadrão Aeroterrestre de Salvamento de Campo Grande – conhecido como PARASAR. Edições anteriores da Carranca foram realizadas em 2009 e 2013.

Acompanhe a cobertura completa pelo site http://www.decea.gov.br/especiais/carranca3

Veja no FAB em Ação como foi o exercício no ano passado.