COMANDO

Unidades da FAB no Brasil e no exterior recebem novos comandantes

Publicado: 29/01/2014 15:56
Imprimir
Fonte: DCI

O Depósito Central de Intendência, o Parque de Material Aeronáutica de Lagoa Santa e a Adidância Aeronáutica do Brasil no Equador realizaram no final de janeiro a cerimônia de passagem de cargo das unidades. Veja os militares que chegam e saem do comando dessas Organizações Militares.

DO Coronel Oliveira é o novo diretor do DCI  Sargento Patrícia Bonfim/ DCICI

O Depósito Central de Intendência (DCI) recebeu o novo diretor no dia 24 de janeiro em cerimônia realizada no Rio de Janeiro. Durante a solenidade presidida pelo Major-Brigadeiro Luis Antonio Pinto Machado, o Coronel Intendente Paulo Pereira Goulart passou o cargo do DCI ao Coronel Intendente André Luís Oliveira do Couto.

Também estavam presentes na cerimônia o Major-Brigadeiro Intendente Manoel José Manhães Ferreira; comandantes, chefes e diretores de Organizações Militares; além de Oficiais da ativa e da reserva.

Durante o discurso de despedida, o Coronel Intendente Goulart destacou a colaboração de todos na execução das metas e missões da Intendência Operacional. “Foi muito gratificante dirigir uma organização como o DCI, além de governar com a participação de todos. Tenho a certeza de que nossos militares estão preparados para a ação”.

PAMA-LSO Coronel Carlos Eduardo Alves da Silva é o novo diretor do PAMA-LS  Sargento L. COSTA/ PAMA LS

O Parque de Material Aeronáutico de Lagoa Santa (PAMA-LS), localizado em Minas Gerais, realizou no dia 24 de janeiro a cerimônia militar de passagem do cargo de Diretor da Unidade. O Coronel Aviador Carlos Eduardo Alves da Silva é o novo diretor em substituição ao Coronel Aviador Adalberto Fontoura Gomes.

O evento foi presidido pelo Tenente-Brigadeiro do Ar Hélio Paes de Barros Júnior, Comandante Geral de Apoio. Já o ato de passagem de transmissão de cargo, foi presidido pelo Major-Brigadeiro do Ar Paulo João Cury, Diretor de Material Aeronáutico e Bélico.

O Coronel Aviador Adalberto Fontoura Gomes, citou em seu discurso os desafios e as realizações do seu comando. “Comandar uma Organização desta envergadura foi uma deferência singular a mim concedida e não há melhor forma de manifestar esse sentimento senão pela gratidão”.

ADIDÂNA Adidância Aeronáutica do Brasil no Equador realiza passagem de cargo  Adidância do EquadorCIA NO EQUADOR

A Adidância Aeronáutica do Brasil no Equador realizou na segunda-feira (27/01) a passagem de cargo da unidade. O Coronel Aviador Antonio Pereira da Silva Filho substituiu o Coronel Aviador Marcos Vinícius Rezende Murad na instituição que tem como principal função representar o Ministério da Defesa e a Força Aérea Brasileira (FAB) nas relações bilaterais com as Forças Armadas Equatorianas.

A solenidade foi presidida pelo Embaixador do Brasil no Equador Fernando Simas Magalhães e contou com a presença do Ministro-Conselheiro Jonas Guimarães Ferreira e do Adido Naval e do Exército Coronel Carlos José Russo Assumpção Penteado, além de funcionários da Embaixada, das Adidâncias e familiares e amigos dos adidos substituído e substituto.

Eu seu discurso, o Coronel Mrad destac
ou a forma cordial e profissional que sempre marcaram as relações entre Brasil e Equador principalmente no campo militar.

O Embaixador Fernando Simas ressaltou ainda o excelente trabalho realizado pelo Coronel Mrad, destacando a competência na condução dos trabalhos da Adidância e a capacidade de fortalecer os laços profissionais e de amizade entre os militares dos dois países.