PARBRA III

Base Aérea de Campo Grande concentrou atividades do exercício

Publicado: 13/05/2013 18:22
Imprimir
Fonte: CECOMSAER

A Base Aérea de Campo Grande (BACG) no Mato Grosso do Sul foi o cenário brasileiro nas missões do exercício PARBRA III, realizado pelas Forças Aéreas do Brasil e do Paraguai. Acostumada a apoiar manobras militares, a BACG prestou apoio de saúde, segurança, alimentação, transporte e infraestrutura, além de sediar o 2°/10° GAV, Esquadrão Pelicano, que manteve aviões e helicópteros de busca e salvamente em prontidão.

Com 540 hectares de área, a Base sedia diversas unidades, dentre elas os Esquadrões que atuaram no exercício binacional: 3°/3° GAV, Esquadrão Flecha, que opera o caça A-29 Super-Tucano e o 1°/15° GAV, Esquadrão Onça, que empregou o C-98 Caravan. “Estamos prontos para apoiar nossas unidades sediadas e desdobradas em manobras e exercícios como a PARBRA. É a missão da Base”, afirma o Coronel Aviador Flávio Eduardo Mendonça Tarraf, Comandante da BACG.

Estrategicamente localizada na região Centro-Oeste do país, a Sentinela Alada do Pantanal, como também é conhecida a BACG, não parou suas atividades rotineiras durante o exercício PARBRA. Na mesma semana, a Base prestou apoio às aeronaves de autoridades e às comitivas paraguaias, além de se preparar para receber tropas do Exército Brasileiro que se deslocam do Haiti e a operação interagências Ágata Brasil.