SEGURANÇA DE VOO

Relatório de Segurança de Voo do CENIPA tem novo nome

Publicado: 07/08/2012 13:50
Imprimir
Fonte: CENIPA

O Relatório Confidencial de Segurança de Voo (RCSV) ganhou nova denominação: Relatório ao CENIPA para Segurança de Voo (RCSV). Não somente a sigla foi preservada, mas também as características de voluntariedade, proteção à fonte e não punibilidade. A mudança ocorreu por meio de uma votação interna do órgão investigador, em razão da Lei de Acesso à Informação que alterou os graus de sigilo na classificação de documentos e não prevê mais o termo confidencial nos arquivos de documentação do governo federal.

Segundo o Major-Aviador Marcio Vieira de Mattos, do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (CENIPA), o relatório ajuda nos casos em que os problemas que envolvem a segurança de voo não são resolvidos pelas próprias organizações. Ou porque não há uma atenção especial ou por mera inabilidade técnica de quem poderia dar a última palavra. Após o insucesso na correção de eventuais fragilidades, resta buscar apoio no Relatório ao Cenipa para Segurança de Voo. “O relatório é uma solicitação de ajuda ao órgão central do SIPAER (Sistema de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos),” afirma Mattos.

O CENIPA recebeu, no ano passado, 537 relatos sobre irregularidades na área de segurança de voo. As mensagens foram encaminhadas por pilotos, aeroportuários, controladores, profissionais da manutenção, passageiros e outros. Dos relatos recebidos, 62% foram registrados por pilotos, sendo que 91% partiram da aviação regular. Entre os temas mais comentados estão aqueles que envolvem o tráfego aéreo, aeroportos e aspectos operacionais.

O Relatório ao CENIPA para Segurança de Voo é uma ferramenta de prevenção de acidentes aeronáuticos e de gerenciamento destinada ao relato de situações de potencial risco presenciado ou de conhecimento de qualquer pessoa. Trata-se de um relato voluntário que expressa uma consciência de segurança de voo. Para encaminhar um relatório ao CENIPA, basta acessar www.cenipa.aer.mil.br e preencher o formulário (RCSV).

O Major Mattos explica que todos os relatórios passam por uma criteriosa análise e o CENIPA se encarrega de levar o tema ao conhecimento da autoridade competente para que sejam adotadas ações ou novos procedimentos para mitigar os riscos. O CENIPA assegura anonimato às pessoas que preenchem o RCSV. “A mensagem é divulgada, porém a fonte continua protegida”, afirma.

Assunto(s): , , ,