OPERACIONAL

74 alunos concluem estágio de intendência operacional em Minas Gerais

Publicado: 06/08/2012 10:00
Imprimir
Fonte: CIAAR

“Farei do campo o meu lar, dos companheiros, minha família, da prontidão, o meu princípio e do servir, a minha vida. A qualquer momento, em qualquer lugar, estarei pronto para atender, na paz ou na guerra, ao chamado da Intendência Operacional da Força Aérea Brasileira”, disseram, emocionados, os 74 militares que concluíram o Estágio de Intendência Operacional (EIOP ) – módulo 1, em cerimônia realizada na sexta-feira (02/07) em Lagoa Santa (MG).

Destinado a capacitar graduados e praças de todas as regiões do país como operadores logísticos de Unidade Celular de Intendência (UCI), o EIOP teve duração de duas semanas e foi composto de instruções sobre técnicas e procedimentos de intendência em campanha em suporte a unidades aéreas ou unidade desdobradas em localidades isoladas ou desprovidas de recursos. Entre as instruções ministradas estão alimentação em campanha, infraestrutura de acampamento, montagem de instalações elétricas e hidráulicas, procedimentos de primeiros socorros e prevenção e combate a incêndio.

O Terceiro Sargento Amauri Menezes Soares Júnior, 28 anos, foi um dos destaques em turma e sai do curso direto para uma missão real. “Estou orgulhoso de agora fazer parte da família UCI e de já poder aplicar os conhecimentos que adquiri no estágio na Operação Ágata 5. Hoje me sinto capacitado, graças a dedicação dos instrutores, para montar toda a estrutura para funcionamento de um acampamento completo”, ressalta.

 Para a Terceiro Sargento Fernanda Fonseca Dias, 27 anos, a união do grupo e o comprometimento de todos contribuíram para o sucesso do estágio. “Sempre gostei do lado operacional da FAB e estou muito feliz em ter concluído o EIOP. Espero participar, em breve, de muitas missões com a UCI. Admiro muito os militares que ficam longe da família e se dedicam durante meses a dar todo o apoio a outros militares que precisam estar bem dispostos para cumprir sua missão com êxito”, explica.

O EIOP é coordenado pela Diretoria de Intendência da Aeronáutica, por meio da Subdiretoria de Encargos Especiais(SDEE). O Brigadeiro Intendente Luiz Tirre Freire, subdiretor da SDEE, ressalta que o EIOP voltado para graduados e praças não era realizado desde 2007. “Este módulo é extrema importância para renovação dos militares operadores de UCI, pois os mais experientes já estão indo para a reserva e precisam ser substituídos. Com a capacitação de novos operadores, a FAB continuará apta a atuar em diversas situações. São eles que mantém toda a estrutura logística funcionando”, ressalta o subdiretor.

Bastidores do estágio

Para a realização do estágio foram montadas 47 barracas climatizadas que abrigam 14 alojamentos, dois auditórios (40 e 80 lugares), salas de estudo e de instrutores, alem de um refeitório com capacidade para 150 pessoas. O RODOMAPRE da FAB - Módulo “sobre-rodas” de Alimentação a Pontos Remotos - permite o preparo de 4 refeições por dia para os mais de 200 militares que ficarão acampados no local até o dia 10 de agosto. A estrutura possui ainda seis módulos sanitários, academia e computadores com acesso à internet. Três geradores instalados no local permitem a climatização e iluminação das barracas.