SAÚDE

Ortopedia do Hospital do Galeão realiza cirurgia de quadril inédita no país

Publicado: 22/05/2012 14:12
Imprimir
Fonte: HFAG

Cirurgiões do Hospital de Força Aérea do Galeão (HFAG), no Rio de Janeiro, receberam treinamento para uma técnica inédita no país. Nos dias 7 e 8 de maio, o Serviço de Ortopedia e Traumatologia da unidade tiveram treinamento com o especialista francês em cirurgia de quadril Nicolas Charlot.

O médico francês acompanhou e orientou os médicos da FAB a realizarem este procedimento cirúrgico com a nova técnica, que consiste na substituição da articulação doente por uma prótese de titânio, por um acesso anterior minimamente invasivo, utilizando uma mesa especial que posiciona a perna para a realização do procedimento. O especialista acumula mais de 600 cirurgias desse tipo na Europa.

Os médicos militares já haviam feito a parte teórica na França e participado de operações na Suíça. No HFAG, foram realizadas quatro cirurgias sob a supervisão do especialista francês, as primeiras no país com próteses suíças de tecnologia de ponta.

Segundo o Capitão Médico Marcos Giordano, Chefe do Serviço de Ortopedia e Traumatologia e do Grupo de Cirurgia de Quadril do HFAG, a nova técnica permite reduzir a incisão cirúrgica para entre 7 a 10 cm e o tempo de cirurgia para 60 a 90 minutos. Um procedimento semelhante, realizado com outra técnica mais comum, exige uma incisão póstero-lateral em torno de 10 a 15cm e o tempo cirúrgico entre 90 e 120 minutos).

Comparando as duas técnicas, de acordo com o HFAG, há menor sangramento e risco de infecção, além de maior agilidade na reabilitação pós-operatória, ou seja, em 24 horas o paciente já esta andando e em 48 horas o mesmo pode ter alta. O número de médicos necessários para o procedimento também é menor, pois enquanto as técnicas tradicionais exigem de três a quatro profissionais em campo, com a nova técnica, são necessários apenas dois.